OS DIREITOS DEMOCRÁTICOS NO PARÁ SÃO ANIQUILADOS PELA PREPOTÊNCIA E ARROGANCIA GOVERNAMENTAL

11/04/2014 04:15

 OS DIREITOS DEMOCRÁTICOS NO PARÁ SÃO ANIQUILADOS PELA PREPOTÊNCIA E ARROGANCIA GOVERNAMENTAL

SILVA, J. A

http://cms.ciencias-sociais-pesquisas.webnode.com

A constituição Cidadã de 1988, completa seus 26 de idade, porém, com duas décadas e meia de sua promulgação o povo brasileiro ainda continua tendo seus direitos violados, todavia não alcançamos a consolidação do processo democrático.

Quando será que valerá nossos direitos, infelizmente continuamos sonhando com uma Democracia a qual se tornou um sonho sonhado não realizável, permanecemos viajando na Utopia, pensar em uma Democracia consolidada parece ser uma alucinação incessante por não querermos parar de sonhar e acreditar que seja possível um dia se concretizar a Utopia tão desejada.

As conquistas e os direitos do povo estão sendo suplantados e, aniquilados pelo poder ditatorial dos governantes estaduais brasileiros, cada um exerce sua prepotência e arrogância de modo truculento com o uso da repressão violenta armada das polícias militares ou jurídica pelo poder Judiciário. A hegemonia arrogante do Poder Executivo exerce a punhos de ferro sem argumento que justifique a condenação das ações legítimas de reivindicação de direitos de quem quer que seja na busca pela dignidade no trabalho.

Os Governantes brasileiros principalmente aqueles que descenderam da Ditadura Militar exercem uma gestão pública pondo abaixo qualquer princípio ético da Constituição Cidadã brasileira. Na prática o Processo Democrático de Direitos não existe, a Democracia no Brasil tornou se algo totalmente simbólico.

O exercício do Poder Público brasileiro no que diz respeito aos Três Poderes tem funcionado como um Regime Militar Ditatorial dentro do Regime Democrático causando o genocídio dos direitos fundamentais, quando não pelo meio Jurídico, é pela força das armas ou pela coação arrogante e prepotente de certos Governos como no caso do Estado Pará tentando de todas as formas coagirem e criminalizar as ações de reivindicação de direitos dos Policiais e Bombeiros Militares.

As velhas raposas partidárias de outrora tentam aterrorizar a quem quer que seja que tentem buscar seus direitos, as oligarquias políticas da Ditadura Militar com cara renovada em partidos políticos de nome voltado para a Social Democracia Brasileira voltam a mostrar suas garras assassinas e de criminalização de ações legítimas de lutas por direitos.  Parece estarem querendo retomar a Ditadura Militar assassina impedindo o povo trabalhador de ter acesso aos direitos civis, políticos, sociais, econômicos e culturais.

Diante de tal situação percebe-se que os trabalhadores brasileiros tais como: Operários da Construção Civil, Professores, Policiais e Bombeiros Militares e etc. passam pelas mais variadas formas de violação de direitos, estão vivendo um Estado de Barbárie social perpetrado pela arrogância e prepotência de governantes inescrupulosos e covardes desprovidos de humanidade e ética profissional na política e exercício do serviço público.